Colecção Biblioteca da Censura 24 - Graciliano Ramos, Viagem (Checoslováquia – U.R.S.S.)

€9,00
Imposto incluído

15% de desconto para assinantes do jornal PÚBLICO, utilize o código PROMO-PRODUTOS na finalização da compra.


-74

Expedição

Para mais informações sobre os prazos e os custos de envio, por favor consulte as tabelas.

Descrição do produto


O escritor brasileiro Graciliano Ramos (1892-1953) também esteve debaixo da mira censória por pertencer ao Partido Comunista Brasileiro. Apesar de não se ter localizado o relatório de leitura desta obra póstuma publicada no Rio de Janeiro pela Livraria José Olympio, pelo processo de livro e pela temática do itinerário comunista não é difícil perceber por que motivo foi proibido pelos Serviços de Censura portugueses em 1955. Dias depois da proibição, os quatro volumes de Memórias do Cárcere foram propostos a proibição, por se tratar de um escritor “conhecido pelas suas tendências comunizantes”. No entanto, o censor-mor autorizou.

Se pretender encomendar a colecção completa de 25 livros, contacte-nos para o email coleccoes@publico.pt